O Pantanal no contexto da bacia hidrográfica: planície e planalto

0

O Pantanal integra a bacia hidrográfica do Alto Paraguai, que tem cerca de 600 mil km2, quase 60% no Brasil, além de trechos na Bolívia e no Paraguai. Dos quase 360 mil km2 brasileiros, cerca de 150 mil km2 constituem a planície pantaneira, nos estados do Mato Grosso, que tem 35% dessa área, e Mato Grosso do Sul, com os 65% restantes. Essa grande planície sedimentar tem altitudes variando entre 80 e 200 m s.n.m., aproximadamente, e foi formada em uma grande variedade de ambientes deposicionais, lacustres e fluviais. Essa planície formou-se devido ao processo de tectonismo dos Andes e, em alguns pontos, os sedimentos chegam a ter mais de 500 metros de espessura, na sua maior parte provenientes da região de entorno, onde encontra-se a porção alta da bacia hidrográfica. Esse entorno é constituído por planaltos elevados e montanhas baixas a leste e ao norte, entre 250 e 1.200 m s.n.m., e planícies pouco elevadas a oeste; no Brasil costuma-se usar o termo “planaltos” para fazer referência a essa região alta da bacia hidrográfica.

Leia na íntegra o texto do Prof. Dr. Sandro Menezes Silva, Doutor em Ciências Biológicas pela Universidade Federal da Grande Dourados – MS:

Related Posts

Documenta Pantanal
Proudly powered by WordPress | Theme: Shree Clean by Canyon Themes.