O Pantanal e a região da serra da Bodoquena

0

O Pantanal é parte integrante da província hidrográfica do Paraná, mais especificamente do trecho denominado Bacia do Alto Paraguai, que, além do Brasil, ainda inclui partes da Bolívia e do Paraguai. Conforme já apresentado anteriormente, há uma relação bastante estreita entre a planície pantaneira e as regiões altas que a circundam, genericamente chamada de “Planalto”, havendo relações históricas, geográficas, geológicas e antropológicas entre o Pantanal e os planaltos do seu entorno.

Na porção sudeste-sul do entorno da planície pantaneira, a região planáltica é representada principalmente pela serra da Bodoquena, uma feição geomorfológica muito característica do Mato Grosso do Sul. Essa serra, que na verdade é a borda de um planalto carbonático do grupo Corumbá, tem cerca de 200 km na direção norte-sul, com altitudes variando entre 350 e 800 metros, mais comumente entre 400 e 600 metros, entre as coordenadas geográficas 19o 45’ e 22o 15’ S, e 57o 30’ e 56o 15’ O. Além da serra propriamente dita, ainda há planícies de natureza terrígena e carbonática, dos grupos Corumbá e Cuiabá, tendo, em ambas as feições, grande quantidade de cavidades, com o relevo cárstico típico das regiões calcárias. Sumidouros, ressurgências, dentes de cão, lapiás, cavernas e dolinas são comuns na região, havendo muito a ser descoberto e registrado na região.

Leia na íntegra o texto do Prof. Dr. Sandro Menezes Silva, Doutor em Ciências Biológicas pela Universidade Federal da Grande Dourados – MS:

Related Posts

Documenta Pantanal
Proudly powered by WordPress | Theme: Shree Clean by Canyon Themes.