Espécies nativas do Pantanal: Ariranha

0

O Pantanal é um dos biomas mais ricos em espécies vegetais e animais do Brasil. Ao longo de seu território, pode-se notar uma rica diversidade de peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos. Dentre esses animais, é possível encontrar com facilidade um mamífero de hábitos semiaquáticos, pertencente à família Mustelidae: a ariranha (Pteronura brasiliensis). 

A ariranha é um dos animais símbolos do Pantanal. (Foto: Evelien Van de Velde) 

Tudo que você precisa saber sobre a Ariranha

Por pertencerem à mesma família, a ariranha possui muitas semelhanças com a lontra (Lontra logicaldis), podendo até confundir algumas pessoas. Como é possível diferenciá-las rapidamente? Bem, a ariranha é bem maior, medindo cerca 1,5 metros e pesando até 34 quilos!

Características físicas 

Seus hábitos semiaquáticos são muito beneficiados por algumas características físicas, adaptações como a cauda musculosa e achatada, que facilita consideravelmente o deslocamento na água, os pés largos e com membranas entre os dedos que tornam a ariranha uma exímia nadadora. 

Família de ariranhas. Foto: Paul Williams/Creative Commons

Comportamento

Os animais são muito sociáveis, brincalhões e fazem um barulho danado. Vivem em pequenos grupos familiares às margens de rios ou lagos e possuem hábitos predominantemente diurnos. Passam boa parte de suas vidas na água, mas costumam abrigar-se em tocas, conhecidas como locas, principalmente nos períodos de reprodução. 

Reprodução 

Você sabia que as ariranhas são monogâmicas? Isso mesmo! Elas passam a vida toda se reproduzindo com o mesmo parceiro. O período de reprodução acontece, geralmente, entre janeiro e março, que são as épocas de chuva. As gestações duram cerca de 2 meses e podem gerar entre 1 e 5 filhotes. 

Durante os primeiros meses, o filhote fica abrigado na toca, recebendo o alimento apenas pela mãe. Após o primeiro ano de vida, ele já começa a se tornar independente. 

Alimentação 

A dieta das ariranhas consiste em peixes, pequenos crustáceos e cobras. Em alguns casos, podem predar até mesmo filhotes de jacaré! 

Ariranha se alimentando às margens do Rio Cuiabá, no Porto Jofre. (Foto: Gustavo Figueirôa) 

Status de Conservação

De acordo com a Lista Vermelha da IUCN, a ariranha é classificada como “ameaçada”, ou seja, corre risco de extinção. As principais ameaças enfrentadas pelo animal são: a caça, por conta de sua pele considerada valiosa no mercado ilegal; e a destruição de seu habitat. 

Nós acreditamos que quanto mais informações as pessoas tiverem sobre o Pantanal e suas diversas composições, maior será o esforço para conservá-lo. Nossa missão é o diálogo e a informação. Por isso, vamos continuar repassando conhecimento sobre a ariranha, seu habitat e todos os outros componentes da fauna e flora pantaneira. Juntos, podemos proteger o Pantanal e suas espécies nativas.

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Documenta Pantanal
Proudly powered by WordPress | Theme: Shree Clean by Canyon Themes.